EAST MAMBO

EAST MAMBO

Kebabs… de autor!

Está a existir uma tendência em 2019 em Lisboa, no que respeita à restauração: o restaurantes de autor… mas com lugares limitados. Cada vez mais Chefs da nova geração estão a deixar os restaurantes onde “fizeram nome” e a abrir espaços próprios, com lugares limitados, nomes com uma só palavra e conceitos teoricamente diferenciadores. Mas, quando depois olhamos um bocado mais profundamente, percebemos que estão simplesmente a fazer em nome próprio o que já faziam antes, sem arriscar assim tanto. E percebemos também que os conceitos de cada um não são assim tão diferenciadores entre si…

Por isso, é normal que fiquemos surpreendidos quando ouvimos dizer que o Chef Bernardo Agrela deixou a Cave 23 (o restaurante do Torel Palace) e abriu um espaço onde serve kebabs. Sim, kebabs. Uma “street food joint” dedicada aos kebabs, ali na zona de Picoas. Isso é o suficiente para nos despertar o interesse… e abrir o apetite!

Dizer que o East Mambo é um espaço pequeno não é uma metáfora, é uma realidade. Estamos a falar de uma mesa comum com espaço para umas 10 pessoas, conhecidas ou desconhecidas. Isso permite ao Bernardo ter uma abordagem muito mais personalizada, falando com cada um de nós, explicando o conceito, pedindo feedback e, mais importante que tudo, ouvindo mesmo esse feedback. Esta proximidade e partilha pode ser intimidativa para algumas pessoas, mas a simpatia do Bernardo é tanta que acabamos por nos deixar ir.

Os menus disponíveis estão expostos na parede mas são-nos explicados logo de início: kebab + bebida (10€), kebab + batatas + bebida (12€) e entradas + kebab + batatas + bebida (15€). Ainda há outro só com sopa e salada, mas não foi essa a razão que nos levou a ir lá. As entradas incluídas no último menu são 3 pastas, acompanhadas de um excelente pão pita (que temos de repetir, de tão bom que era). Temos um excelente hummus com uma pasta de pimentão doce, um baba ganoush interessante (admito, beringelas não são a minha praia) e ainda outra pasta da qual não retive o nome… mas que completa a trilogia na perfeição.

east mambo kebab

A ideia é irmos petiscando a fazendo conversa com o Bernardo e também com quem está na mesa, porque é impossível não o fazer. Até que chegam os kebabs e aí já não há conversas. Servidos abertos no pão pita, provámos o de borrego, que só peca por ter demasiada alface (de pacote) por cima. Não precisava de nada disso, porque tudo o resto e especialmente a carne são bons o suficiente. Muito bons mesmo. Gosto de sabores mais intensos e, pessoalmente, gostava do kebab com um kick maior, mas é para isso que serve o molho picante caseiro que prontamente nos deixam na mesa (esta questão do picante é sempre complicada, porque nem toda a gente gosta). A acompanhar o kebab, umas batatas de dupla fritura que são simplesmente fantásticas, que quase nem precisam de ser molhadas no excelente molho de iogurte que vem com elas. E ainda uma experiência do Chef, uma pequena espetada de spring onion com pimento, bastante interessante. São experiências que se fazem no East Mambo, e nós temos a felicidade de ser as “cobaias”! 🙂

east mambo kebab

Não há sobremesas. Não há café. Talvez por agora, talvez não. Aqui o foco está mesmo na comida, e como qualquer “fast food joint” que se preze, não há cá lugar para coisas… secundárias. No East Mambo as estrelas são os kebabs, e também as outras pequenas coisas que o Bernardo vai inventando. Aliás, que vai criando, testando e percebendo se funcionam ou não. Estamos num registo tipo “fast food”, mas só porque nós por cá estamos habituados a encaixar os kebabs nessa categoria. Erradamente, digo eu.

O East Mambo vem provar que nem toda a gente desta geração dos novos Chefs está interessada em seguir fórmulas pré-formatadas e abrir restaurantes iguais uns aos outros. “Resolvi abrir este restaurante porque queria um espaço onde os meus amigos pudessem vir à vontade. E porque adoro kebabs!” É esta a resposta imediata e genuína à minha pergunta do porquê desta opção, o que mostra que o Bernardo está nisto de alma e coração. E isso sente-se na forma como nos recebe e especialmente na comida que nos serve. Por isso, prevejo coisas boas para o East Mambo! 🙂

Preço Médio: 15€ pessoa (o menu mais completo de todos)
Informações & Contactos:

Rua Latino Coelho, 87 A | 1050-134 Lisboa | 919 126 798
Nota: não tem Multibanco

3 comentários em “EAST MAMBO”

  1. Estive lá ontem. Sítio perfeito para um almoço rápido mas delicioso, e também para um jantar de amigos. A recepção e simpatia do chef Bernardo Agrela enchem a casa! O naan e o tahine de batata doce são de comer e chorar por mais. Os kebabs são um “granda mambo”! Para finalizar, há sobremesa: um bolo de caramelo incrível!

  2. Tive que ir experimentar depois deste artigo. Gostei de tudo, e esqueci-me de pedir o referido picante! A repetir para ver como evolve o restaurante… E o picante (quáquáquá!). Ah, e perguntei ao chef sobre a salada em pacote. Disse-me que está relacionado com segurança alimentar.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.