TAVERNA DOS TROVADORES

“Um abraço e até à próxima!”

Quando saímos, mais uma vez, da Taverna dos Trovadores, não o fazemos sem um abraço e um “até à próxima” trocados com o dono (ou com um dos empregados). Porque existe sempre uma próxima vez, mais cedo ou mais tarde. E ele há restaurantes assim, onde podemos até não ir tantas vezes como queríamos, mas nos quais somos tratados como fazendo parte da família. E isso faz com que os guardemos sempre no coração.

Não vamos à Taverna dos Trovadores porque nos apetece comer nada de especial ou porque queremos ser surpreendidos, não. Vamos lá porque “faz parte da família” e porque gostamos de ser tratados como amigos de longa data. É um restaurante com história, onde sempre fomos em família, para comer bem e ouvir boa música portuguesa. Repetidamente.

No meio de tantas histórias e memórias, há ainda a comida, claro. Porque há aqui algumas tradições: faz parte do ritual de jantar pedir o Bacalhau Espiritual – um dos pratos mais emblemáticos do restaurantes – sempre bem servido e saboroso.

Mas também há outras especialidades como o Arroz de Pato, o Lombo de Porco com Alheira ou o Bife à Taverna. Aliás, as carnes são outro dos destaques, bem tratadas na grelha, acompanhadas de batata frita caseira.

Não estamos no registo da cozinha de autor nem mesmo de pratos surpreendentes… porque não precisa de ser. Comida de conforto, bem cozinhada, servida com carinho. Mais nada. E boa carta de vinhos, extensa, variada, acessível. Finalmente, nas sobremesas, tanto as Farófias como as Mousses (especialmente a de manga) nunca falham. E a Torta de Laranja… que maravilha!

Assim como nunca falha a simpatia de um serviço quase familiar, rodeados de fotografias e outras peças de decoração que ilustram a vida musical do dono. Uma experiência que partilha com quem lá vai, porque mais do que clientes, são amigos. Lá está, é como estar em casa com a família.

Além de tudo isto, o pós-jantar… que é quase sempre passado no bar, onde há música sextas e sábados, música simples mas bem tocada, que diverte (e ainda podemos ter o brinde de aparecer um ou outro convidado famoso…). Reserva obrigatória, claro.

É verdade que temos uma história com a Taverna dos Trovadores. Mas também é verdade que sempre nos habituámos a ver outras mesas, outras famílias, que partilham histórias semelhantes com o restaurante e as suas pessoas. E isso diz tudo sobre este espaço.

Preço Médio: 25€ pessoa (com vinho)
Informações & Contactos:
Praça Dom Fernando II, 18 | 2710 S. Pedro de Sintra | 21 923 3548

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.