THE OLD HOUSE

THE OLD HOUSE

Comer o que comem os chineses (de Sichuan).

Já não é primeira visita que fazemos este ano a um restaurante chinês “diferente”. Para a felicidade de quem gosta de boa comida, começam a aparecer alternativas aos restaurantes chineses de buffet, e alternativas muito interessantes. Neste caso, a comida de Sichuan começa a surgir em Lisboa, trazendo-nos sabores mais apurados do que os chineses normais. O The Old House, pertencente a uma cadeia internacional de restaurantes chineses, foi o último destes exemplos a abrir em Lisboa, na zona do Parque das Nações. E claro que tínhamos de fazer uma viagem até lá 😉

the old house restaurante cantones parque das nacoes interior

A primeira impressão quando chegamos ao restaurante tem a ver com a dimensão. Tudo é grande. As salas são grandes, os candeeiros vermelhos que decoram todo o espaço são enormes, o próprio letreiro do restaurante é tamanho XL. A decoração é simples mas muito bem pensada e tendo em conta o “feng shui” do espaço. Enquanto o piso de baixo está ocupado pela sala de jantar mais acessível, o piso de cima tem zonas para grupos, salas privadas e pequenos cubículos para refeições mais “românticas” (e com vista para o rio). Ambientes diferentes para ocasiões/pessoas diferentes.

the old house restaurante cantones parque das nacoes coelho

Devemos ter batido o recorde de tempo que demorámos a decidir o que íamos comer. A utilização de tablets como ementa é interessante porque nos permite ver imagens dos pratos, mas por outro lado obriga-nos a andar sempre para trás e para a frente para consultar entradas, pratos principais, etc.. Além disso, a ementa é extensa, muito extensa, o que faz com que realmente seja preciso tempo. Felizmente, o serviço está preparado para isso, e os empregados têm sugestões para dar, quando percebem que estamos “perdidos”. E são sugestões fundamentadas, porque é política do restaurante que os empregados provem todos os pratos, para perceber o que recomendar consoante o tipo de cliente. Bem pensado.

the old house restaurante cantones parque das nacoes porco

Com ajuda, pedimos alguns dos pratos mais típicos, porque queremos perceber as diferenças para a comida chinesa mais tradicional.
O primeiro prato a chegar à mesa foi a carne de porco com dupla confecção, que foi logo o prato da noite. Estão a ver a barriga de porco? Ora, é tipo isso, mas cortada em fatias muito fininhas, carne muito tenra e com um sabor excelente, acompanhada com pak shoi e vegetais trabalhados no wok. Uma explosão de sabor que fizemos questão de fazer durar enquanto chegavam os restantes pratos. Quase em simultâneo servem-nos o coelho com aroma de tangerina, que promete ser dos pratos mais picantes da carta (e que nos faz antecipar dor, muita dor…)… mas que é picante sem ser abusivo, deixando na boca um travo engraçado a tangerina; e a carne de vaca cozida à moda de Chengdu, que é estranha porque tem uma textura demasiado rija (é mesmo assim, tem a ver com a confecção). Felizmente, numa cadência perfeita, aparece-nos à frente a beringela com molho de alho, excelente prato, com uma profundidade muito boa do molho, um sabor meio ácido mas nada ostensivo, a deixar sobressair a beringela. Para terminar, a panqueca chinesa, que chega depois de todos os outros pratos e que, honestamente, achámos desinteressante, porque não só tem pouco sabor como a textura é estranha. Falta de hábito, imagino.

the old house restaurante cantones parque das nacoes pratos

O The Old House tem tudo para ser um caso de sucesso. Não é um restaurante barato, mas também não está no patamar dos “chineses de buffet”. É um espaço mais sofisticado e para quem aprecia boa comida, a preços justos. A qualidade dos ingredientes, a confecção perfeita e também o serviço completamente informado e prestável fazem deste restaurante uma referência da comida chinesa na Grande Lisboa.
A visitar, para fazer uma viagem gastronómica de primeira classe.

Preço Médio: 25€ pessoa (com entrada e prato + sobremesa a dividir)

Informações & Contactos:
Rua da Pimenta, 9 | 1990-254 Lisboa | 21 896 9075
[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.