HOUSE TEIXEIRINHA RESTAURANT (Maia)

HOUSE TEIXEIRINHA RESTAURANT (Maia)

Uma big confusão…

 

Adoro restaurantes que não fazem sentido! Ou antes, não adoro, mas divirto-me imenso com restaurantes em que há tanta coisa estranha que parecem ser apenas uma amálgama de ideias/conceitos. Quando passo uma refeição inteira a pensar “porquê?!” E o House Teixeirinha Restaurant foi o último desses casos.

Andávamos à procura de um restaurante para almoçar na Maia, antes de uma reunião de trabalho, e quando recebi o sms com o nome pensei que era problema do corrector automático. “House Teixeirinha”?! Ok… Pois que não era do corrector, é mesmo assim. “Casa” teria sido demasiado simples, ou demasiado pobre, não? “House” é mais internacional, numa zona onde nenhum turista põe os pés. Mas vamos manter o “Teixeirinha”, que é tuga o suficiente, e voltar de novo ao inglês, retirando o “e” final de restaurante. Giro, não é?

Perdido numa zona residencial da Maia, o House Teixeirinha é uma marisqueira, uma casa de grelhados e ainda um restaurante especializado em rodízio à brasileira. Não é mais nada porque não havia lugar na fachada para mais palavras. O espaço tem uma decoração demasiado sofisticada para qualquer um dos conceitos, parece um restaurante de fine dinning. Vazio, por sinal, em plena hora de almoço de um dia de semana.

Sentamo-nos e aparecem logo na mesa uma parafernália de entradas, que vão desde pães, mexilhões e ovos de codorniz a folhados e fatias de pizza. Uma refeição inteira, ainda sem pedirmos nenhum dos pratos. Também nestas entradas não há nenhum tipo de lógica, mas ainda assim provamos os ovos de codorniz e os mexilhões, ambos normais.

Vemos mais duas mesas serem ocupadas: numa delas, uma pessoa pede o rodízio à brasileira, que vai chegando lentamente. Será que compensa fazer rodízio para uma pessoa? Pois, não sei. Na outra mesa pedem o mesmo que nós, os pratos do dia. Nesse dia, umas trouxas de bacalhau sobre cama de grelos e uma costeleta mendinha. Curiosamente, pratos que não se encaixam nem no registo marisqueira, nem no dos grelhados e muito menos no do rodízio.

A costeleta mendinha foi claramente o destaque da refeição! A carne super tenra, bem assada, a sair do osso sem qualquer problema, saborosa, muito saborosa. Molho rico, para despejar em cima de um arroz sem sal e de umas boas batatas no forno. As trouxas de bacalhau, por outro lado, chegaram à mesa com a massa completamente esturricada. No interior, boa proporção de bacalhau, mas a massa realmente estava má. Quem comeu, comeu basicamente bacalhau com grelos.

Mais tarde perguntei a quem me recomendou o restaurante se já lá tinha ido e a resposta foi negativa. Bom para mim. O House Teixeirinha Restaurant não é mau, mas é uma confusão de ideias e conceitos. Quando se tenta ser tudo, acaba por não se ser bom em tudo, pelo menos na minha opinião. Era muito mais fácil escolher um só conceito e investir tudo aí, ajustando o espaço a ele. E talvez até o nome.

Esta seria a nossa sugestão para a marisqueira/casa de grelhados/rodízio à brasileira House Teixeirinha Restaurant…

 

Preço Médio: 15€ pessoa (ao almoço, com cerveja)
Informações & Contactos:
Rua Argentat, 78 | 4470-170 Maia | 224 951 468

[codepeople-post-map][codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.