TASQUINHA DO MANEL (Vilamoura)

TASQUINHA DO MANEL (Vilamoura)

Vilamoura nunca mais vai ser a mesma…

É praticamente impossível encontrar um restaurante sem turistas em Vilamoura, especialmente nas proximidades da Marina. Mas aquilo que eu não estava realmente à espera era de encontrar uma tasca daquelas tascas mesmo genuínas, cheias de turistas e ainda assim com tudo aquilo que uma tasca tem de bom: ambiente, preço e comida.

Minhas senhoras e meus senhores, apresento-vos a Tasquinha do Manel.

O caminho até ao restaurante só é complicado por causa das rotundas e dos sentidos de trânsito, porque na realidade estamos na Marina. Do lado menos animado, onde há barcos e não bares e restaurantes, é verdade. Mas ainda assim, estamos na Marina. Fui com quem já conhecia, por isso não decorei o caminho e agora vou ver-me grego para lá voltar…mas vou voltar de certeza.

Perto do Clube Naval, numa zona meio escondida, aparece-me à frente um restaurante com meia dúzia de mesas corridas e decoração que mistura o tema náutico (toma lá um espadarte e outros peixes de madeira pendurados nas paredes, juntamente com redes e anzóis) com o tema Benfica (Eusébio e tal e Eusébio e tal e tal…). Não ouvimos português vindo das outras mesas, o que é curioso – de alguma forma os turistas vão ter à Tasquinha do Manel, em vez de irem ter aos restaurantes da Marina (os turísticos, ou antes, os maus).

Não há cá ementa nem carta de vinhos. Escolhemos da montra do peixe e o vinho escolhemos do que está em exposição nas prateleiras. O Manel (que, por sinal, tem mesmo ar de Manel e porta-se como um Manel se deve portar – com tudo o que há de bom nisso) sugere-nos um vinho mas diz que se não gostarmos, trocamos (mas não trocamos). Há uma informalidade, um “tu cá tu lá” delicioso neste tipo de restaurantes que eu adoro!

Se o vinho não escolhemos, o resto fica por nossa conta. Na montra, a olhar para nós, está um robalo que só de olhar já parece maravilhoso. Grande e carnudo, ideal para duas pessoas. Mas já lá vamos…

Porque antes do robalo ainda comemos umas belas ostras da zona (bem boas) e também um camarão a puxar ao sal que me faz lamber os dedos. Depois de cada camarão, ou seja, muitas vezes. Do caraças!

E eis que chega então o Senhor Robalo, que partilhamos. Arrisco a dizer: O ROBALO. Já comi bom peixe fresco, já comi bom robalo fresco, mas este é dos melhores… senão o melhor! E nem tem só a ver com a frescura do peixe (que já se percebia quando ainda estava deitado na montra e se comprova quando está deitado no nosso prato), tem muito a ver também com a mestria da grelha, que parece sempre uma coisa simples mas pode deturpar completamente a experiência. E já disse que O ROBALO estava fenomenal? Pois que estava sim!

A acompanhar, novamente a simplicidade: uma excelente salada algarvia, bem temperada. E batatas. Cozidas. Regadas em azeite e alho. Pumbas!

No fim, quando a conta nos chega à mesa, pensamos naquilo que comemos (quantidade e principalmente qualidade) e aceitamos que é mais do que justo. Honestamente, do outro lado da Marina pagaríamos o dobro. Aliás, em Lisboa pagaríamos à volta disso também.

 

Para mim, Vilamoura nunca mais vai ser a mesma. Não vou conseguir voltar a dizer que os restaurantes são todos uma fraude e que são só para turistas e que servem mal a preços exagerados, muito exagerados. Se quisermos, a Tasquinha do Manel até pode ser um restaurante com turistas, mas é principalmente uma tasca para quem gosta de comer bem e de forma muito simples. Ou seja, uma tasca a sério, sem manias, rodeada de iates de luxo. E uma tasca onde o peixe é rei e onde o Manel mostra a turistas e a todos nós que quando o produto é bom e respeitado, temos uma refeição BRUTAL!!!

Preço Médio: 25€ pessoa (um robalo GIGANTE a dividir por dois, com vinho)

Informações & Contactos:
Marina de Vilamoura, 1 | 8125-507 Quarteira | 289 315 756

[codepeople-post-map]

1 comentário em “TASQUINHA DO MANEL (Vilamoura)”

  1. Depois de ler este ótimo comentário fiquei com vontade de experimentar este restaurante mas devo dizer que não é 25€ para duas pessoas. Pediram me 48€ por kg. Foi só o dobro!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.