BRASA DE SASSOEIROS – ALGÉS

BRASA DE SASSOEIROS – ALGÉS

“É meia vaca para a mesa 6, sff!”

Quem me conhece sabe que adoro um bom bife. Aliás, adoro um bom naco de carne, em geral! A tocar o mal passado, chamuscado no exterior, bem temperado (puxado ao sal, que é como eu gosto), e não é preciso mais nada. Se a carne for boa e quem a trata na grelha for competente, não preciso de mais nada. Sou um gajo de gostos simples, se quiserem.

Isto vem a propósito de um recente jantar de amigos – vulgo “jantar de gajos” – onde fomos até à Brasa de Sassoeiros de Algés (é estranho mas existe) e nos “alambazámos” de carne. Podia utilizar outro termo qualquer mas não faria sentido. Porque no que diz respeito a jantares de carne, este foi verdadeiramente pornográfico!!! 🙂

O início deste jantar podia ser quase uma anedota: “Seis amigos entram num restaurante…” E entramos na Brasa de Sassoeiros já a saber que todos vamos comer carne. O restaurantes tem duas salas enormes e está cheio com grupos a fazer jantares de Natal, por isso o barulho é imenso. Não importa, nós fazemos ainda mais! Porque o registo é de jantar de gajos, a falar sobre futebol e a pedir jarros de vinho. Ah, e a comer quilos de carne, claro!

Ora… estão a ver aquele naco de carne enorme na montra lá ao fundo? Pois que fomos nós que o comemos! Como podem ver na foto em baixo! Porque mesmo devorando as entradinhas todas que estavam já na mesa quando chegamos (um truque clássico para inflacionar a conta), quando nos perguntam o que queremos comer nós nem hesitamos: é um tomahawk e dois t-bones. Quase que mais valia termos pedido meia vaca!

O empregado que nos atende abre os olhos e, depois de breves segundos a escrever o pedido, sugere que talvez seja carne a mais. Cada t-bone está indicado para 2/3 pessoas e o tomahawk para 3/4, sendo que nós somos 6. Mas eu nunca fui muito bom a matemática, por isso que se lixe! Venham de lá esses mais de 3 kg de carne!

O Tomahawk que nos chega à mesa é realmente gigante. Vou só pôr uma mãozinha ao lado do bicho para que tenham a noção do tamanho da peça 😉

Mas mais do que o tamanho, o que nos surpreende a todos é a qualidade da carne! Qualquer uma das peças chega à mesa no ponto ideal, temperada na perfeição, ainda com pequenas pedras de flor de sal que se sentem ao trincar. O lombo do Tomahawk é fantástico, mas o do T-Bone consegue ser ainda mais tenro, sendo que a parte da vazia é ainda mais saborosa. Todas as conversas param durante uns largos minutos, enquanto cada um vai fazendo pequenos gemidos de prazer (calma, porque o “pornográfico” de que falei em cima tem só a ver com a excelência da carne!).

Para acompanhar a carne, batatas fritas e grelos, mas isso não interessa nada. Porque estas carnes são mesmo fantásticas! As fotografias não fazem justiça ao tamanho e, principalmente, à qualidade da carne. Mas vejam-nas novamente:

Acabámos com a carne toda, raspámos os ossos… e houve quem na mesa ainda perguntasse se havia mais um pedacinho. Porque somos esse tipo de gajos! 😉

O mesmo empregado levantou as tábuas da mesa, com ar resignado, enquanto nós sorríamos com aquele ar de desafio. Mas ainda assim, seguimos a sugestão para só pedir um misto de sobremesas, o tão conhecido e adorado “pijaminha”. Aqui falhámos, porque se tivessem vindo para a mesa dois, marchavam! De qualquer forma, temos Cheesecake e Tarte de Amêndoa normais, Sericaia e Bolo de Chocolate bons, e um Bolo de Bolacha verdadeiramente extraordinário!

Podia estar aqui a fazer dissertações sobre a Brasa de Sassoeiros de Algés como restaurante, mas na minha (nossa) memória não ficou nada sobre o restaurante em si. Aquilo que sabemos é que foi um jantar do caraças, com carne fantástica, bem regada com o excelente vinho da casa e que terminou com sobremesas gulosas. Se calhar o serviço podia ser mais rápido, se calhar o espaço podia ser mais diferenciador, eu sei lá. O que sei é que da próxima vez que quiser comer carne excelente e “à bruta”, é aqui que venho. Tão simples como isso!

Preço Médio: 20€ pessoa (com vinho da casa)
Informações & Contactos:

Praceta Professor Alfredo de Sousa, 7 A | 1495-241 Algés | 21 245 3042

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.