BAÍA DO PEIXE (Cascais)

Rodízio de marisco? É pá… não.

Nem sempre conseguimos controlar os restaurantes onde vamos jantar, especialmente se for no contexto de jantares de grupo. Podemos tentar influenciar a escolha, mas quando insistem, insistem. E é por isso que acabamos em sítios como a Baía do Peixe, ali no centro de Cascais, com uma vista para o mar… e com especialidades como rodízios de peixe e marisco. Pois.

Entramos receosos e já com o pé atrás, é verdade. E não ficamos muito mais contentes quando vemos, logo à entrada, a montra do peixe, com apenas 3 qualidades diferentes. Parece-nos pouco para um restaurante que se especializa em peixe e marisco, mas pronto. Felizmente, o aquário do marisco parecia um pouco mais composto, por isso recuperamos parte da esperança que esta ainda possa ser uma noite pelo menos razoável.

Mas se através dos vidros do aquário de marisco as coisas parecem mais ou menos interessantes, basta andar mais uns passos e entramos na gigante sala do restaurante. Despersonalizada, fria, sem nenhuma decoração, com os empregados a andarem de um lado para o outro como se fossem autómatos, sem sequer um “boa noite” a quem passa pela sala à procura da sua mesa. O serviço vai melhorando ao longo da noite, mas só à medida que vamos pedindo mais garrafas de vinho.

Ainda assim, e mesmo com toda a falta de expectativas (aliás, os receios mesmo!) que temos, damos uma oportunidade à Baía do Peixe. Porque o preconceito é uma coisa lixada e podemos lutar contra isso. Pedimos umas imperiais e o couvert, e vamo-nos entretendo com azeitonas e pão com manteiga enquanto o resto do grupo não chega.

baia do peixe entradas cascais

Mesa completa, passamos então à decisão sobre o que comer. É aqui que as coisas começam a ficar menos interessantes… À partida não somos pessoas de rodízios. Nem de carne (tipo Chimarrão), nem de sushi, nem do que quer que seja. Porque geralmente temos más experiências, e quando estamos a falar de marisco, é ainda mais arriscado. Por isso, depois de já termos dito que não íamos de todo para o Rodízio de Peixe (que no menu descreve 5 variedades, das quais só vimos 3 na montra), a discussão era sobre pedir ou não o Rodízio de Marisco para toda a gente. Ora… argumentámos contra, mas não ganhámos. Por isso, lá veio o tal rodízio para a mesa.

baia do peixe rodizio de marisco e peixe cascais

Bom, começando pelo aspecto, ou se calhar mais pela quantidade: o Rodízio de Marisco da Baía do Peixe é relativamente imponente. A travessa grande traz umas Amêijoas à Bulhão Pato e umas Gambas À L’Ajilho (nome novo para mim), e depois um Casco de Sapateira Recheado, Patas do mesmo bicho, Camarão Cozido, Percebes e Búzios. Muita coisa, um lote variado… mas nem tudo bom. O recheio do casco de sapateira tem demasiada maionese mas passa, o camarão cozido já o foi há algum tempo e a casca está colada à carne, os percebes e os búzios cumprem, o bulhão pato das amêijoas não tem sabor nenhum e o “à l’ajilho” é bom, mas sem surpreender.

No fundo, é muita coisa, podemos repetir o que quisermos, mas não nos apetece muito, porque a qualidade e a preparação deixam um pouco a desejar. Aliás, a maioria das pessoas na mesa só pede para repetir mais algumas coisas porque, tendo em conta o preço que vamos pagar, queremos consumir ao máximo. E quando é assim, dá para perceber que alguma coisa não está bem…

baia do peixe ostras cascais

O pior de tudo são mesmo as Ostras – que, por si só, já são um marisco arriscado – que aqui não cheiram nem sabem a frescas (entre todos, provámos uma… e pronto, não mexe mais), e também os Mexilhões com Molho À Espanhola, onde tudo falha: os mexilhões estão duros e secos dentro das cascas, o molho está longe de estar temperado… enfim, um pequeno desastre.

O problema disto tudo é que, entre conversa e repetições de marisco só porque sim, vamos pedindo mais garrafas de vinho, o que faz a conta aumentar. Talvez seja pelo desgosto, sei lá, e temos de afogar as mágoas. Mágoas essas que afogamos também nas sobremesas, que são muitas na lista, mas nem todas boas no prato.

baia do peixe sobremesa cascais

Aquilo a que chamam Quindim na Baía do Peixe é a melhor das 3 sobremesas que pedimos, mas apenas porque a textura cumpre e o sabor a coco não é demasiado intenso. Depois disso temos um Cheesecake de Maracujá que é completamente industrial e uma Tarte de Maçã fraquinha, sem grande sabor, com a base muito dura. Enfim, não foram as sobremesas a salvar o jantar.

Sim, é verdade: já sabíamos para o que íamos. E sim, já sabíamos que, em grupo, é mais complicado fazer valer a nossa opinião e evitar coisas como rodízios de marisco. Mas, ainda assim, esperávamos um bocadinho mais da Baía do Peixe. Um bocadinho mais de qualidade, um bocadinho mais do serviço (não podem ser nossos amigos só quando passamos um valor na conta), um bocadinho mais de tudo. Não sabemos se uma refeição à carta, sem optar pelo rodízio, será completamente diferente… mas a julgar pela amostra, diremos que não.

Está visto, está experimentado. E não voltamos. Pronto.

Preço Médio: 40€ pessoa (com vinho)
Informações & Contactos:

Av. Dom Carlos I, 6 | 2750-310 Cascais | 21 486 5157

6 comentários em “BAÍA DO PEIXE (Cascais)”

  1. Não fui mas li e ouvi dizer bem. A avaliar pelo “comer” para atafulhar e justificar o preço também não é o meu forte! Concordo com a Daniela! Prefiro qualidade a quantidade. Neste site do “Onde vamos jantar” criticam demais. Normalmente quem muito reclama é quem janta em casa de amigos, regra geral não dá jantares em casa e é muito exigente nos restaurantes. Lembra-me os meus colegas que quando vão à cantina reclamam de tudo! Por 4 eur querem ser servidos como se pagassem 20. Enfim … vou hoje ao rodízio de peixe… Faltou comentar acerca do peixe, se 3 ou 5 e quais? 😂

    Responder
    • Olá, Caetano.
      Ainda bem que já teve oportunidade de ir à Baia do Peixe experimentar por si, ficamos a aguardar a sua opinião. Quanto ao número de reviews negativas, das 1100 presentes no site mal seria se a maioria fosse má, teriamos que mudar o nome para “Onde não vamos Jantar”

      Responder
  2. Fui lá para almoçar esta semana, não tinham Ostras nem percebes, mas o preço continua a ser o mesmo no rodízio. Levantei-me e fui-me embora.

    Responder
  3. Muito fraco, também achei. Inclusive a mim até me tiraram a garrafa que ainda tinha vinho, mas foi tão rápido que nem demos conta. Outra coisa na lista dizia “rodízio de marisco dá para 2 pessoas”, quando fui ver na net a lista dizia ” rodízio de marisco ( já não me lembro muito bem do preço, mas acho que 30 €) por pessoa”. Confrontamos o empregado mas não adiantou de muito. Não volto nunca mais, nem recomendo a ninguém pelo contrário aviso que não vão.

    Responder
  4. Deve ser por isso que está sempre cheio! 😂😂😂 Sou cliente habitual e esta matéria não tem a mínima razão de ser! As ostras, que aqui menciona, por exemplo, são sempre divinais e não devo ser só eu a pensar assim pois basta permanecer no espaço para perceber a saída que tem.
    Pedir repetições para justificar o preço??? Por amor de Deus! Adoro estas pessoas que comem até cair para o lado e depois dizem que não prestou para nada. Francamente! Vergonha alheia…

    Responder

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.