huang he

RESTAURANTE CHINÊS HUANG HE

Um chinês… igual a todos os outros chineses…

Os chineses não são todos iguais. Restaurantes, claro. Mas há muitos que são muito parecidos, demasiado, ao ponto de até os nomes serem iguais. Nome, decoração, mobiliário… e a carta, claro. E mesmo tirando da lista aqueles que se converteram em espaços com linhas de buffet livre (onde rapidamente se incluiu o sushi), é uma realidade na restauração lisboeta (e não só).

Por isso, na maioria das vezes, a escolha por um restaurante chinês tem única e exclusivamente a ver com o factor proximidade. Que depois se transforma em habituação. Seja essa escolha feita por nós ou por um grupo no qual estamos inseridos. No caso deste Huang He, fomos a primeira vez em jantar de grupo. E depois voltámos com o mesmo grupo. E assim por diante.

huang he

E o que é que distingue este Huang He da grande maioria dos outros restaurantes chineses em Lisboa? Pois que nada. Como escrevi em cima: o espaço tem mobília que já vimos repetidamente noutros chineses, a decoração é igual, os empregados fazem aquele mesmo esforço por arranhar o “português”. E, claro, a ementa tem todos aqueles pratos que já conhecemos de trás para a frente, organizados por tipos de massa ou por proteína.

huang he
huang he

Podemos começar pelos Crepes (como fazemos sempre) ou, se estivermos para aí virados, temos a Sopa Picante, servida a transbordar para fora da tigela. Ou as Hóstias de Camarão ou, para os mais “fora da caixa”, o Wan Tan Frito. Como é habitual neste tipo de restaurantes.

A ementa aqui divide-se pela proteína, sendo que depois muitos dos pratos são iguais, mudando mesmo só o bicho. Há um simpático Pato Assado À Pequim, bem servido, e também há a opção Pato na Chapa Quente, para ficarmos com a roupa a cheirar a comida frita.

huang he

Noodles, Chau Min, Chop Suey, coisas dessas. Aqui temos a opção de escolher a grossura dos noodles, por isso podemos comer os pratos com aquela massa mais fininha. Sendo que tudo o resto é igual. Carne de Porco com Castanhas, servida em caçarola, o que faz com que fique um pouco mais apurada, e ainda algumas “especialidades”, como por exemplo as Formigas Na Árvore, que é basicamente carne picada com noodles muito finos. Coisas estranhas, que nos chineses já nem sequer nos fazem confusão… porque sabe quase tudo ao mesmo.

huang he

E, como não podia deixar de ser, temos as sobremesas “tipicamente chinesas” (que por acaso nunca vimos ser servidas quando andámos pela China): gelado frito, que aqui não é servido com rum, e banana frita, tudo a ser gorduroso e a saber mais ou menos ao mesmo. Mas então, sabemos para o que vamos, certo?

huang he sobremesa

Por isso, se procuram uma experiência gourmet de cozinha chinesa, não é aqui que a vão encontrar. Nem sequer coisas mais típicas dessa gastronomia. Mas o Huang He é daqueles chineses básicos, que cumpre a promessa de comida chinesa quase tipo fast food. Não há nada de mau em nenhum prato, todos cumprem. E há dias em que simplesmente nos apetece isso: comida sem pretensões a ser mais do que é. Neste caso, chinesa. Por isso, se estiverem pela zona, é uma boa opção. E barata.

Preço Médio: 15€ pessoa (com cervejas)
Informações & Contactos:

Avenida das Forças Armadas, 39 B | 1600-038 Lisboa | 961 283 790

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.