the cru

THE CRU

Um brunch onde se come muito… e muito bem!

É cada vez mais frequente ouvirmos falar sobre aberturas de restaurantes dedicados à comida saudável em geral ou à comida vegetariana em particular. É uma tendência crescente, que surgiu há uns anos e está a evoluir e a conseguir acompanhar (ultrapassar?) outras tendências da moda. Faz cada vez mais sentido nos dias de hoje e, mesmo nós que somos carnívoros e adeptos de comida mais “substancial”, tentamos adaptar-nos. E, claro, temos sempre curiosidade.

the cru

Ora, o nosso primeiro encontro com o The Cru, quando o espaço existia no foodcourt do Oeiras Parque, não correu muito bem. Podem ler aqui o que escrevemos, mas no geral a insatisfação teve a ver com a falta de sabor na comida e também, em menor escala, no tamanho das doses. Mas a verdade é que o The Cru foi um dos primeiros restaurantes a aparecer no boom desta tendência. E também que, com o passar do tempo e o crescimento das opções no registo da comida saudável, vegetariana, macrobiótica, biológica e afins, nós próprios fomos aprendendo a gerir as nossas expectativas de forma diferente, tanto a nível de quantidades como de sabores como ainda do preço.

Por isso, quando nos chegou à atenção que o The Cru (agora em Cascais) tinha um novo menu de brunch, resolvemos arriscar e dar-lhe uma nova oportunidade. E ainda bem que o fizemos! 🙂

the cru

the cru

O restaurante em si não é muito grande, até porque o espaço está dividido com uma parte que serve como mercearia, onde se vendem frescos e produtos alimentares de todo o tipo.

the cru

the cru

No exterior, uma pequena mas simpática esplanada, que é onde resolvemos ficar.

O Organic Brunch custa 20€ e inclui 1 bebida, 3 escolhas da secção “para picar”, 1 mini prato do dia (onde as opções vão mudando diariamente) e ainda 1 sobremesa. À partida parece-nos uma boa relação quantidade-preço e é sempre positivo ver que as escolhas que temos estão incluídas nas opções da própria carta de refeição do restaurante.

the cru

Praticamente tudo nos parece bem à leitura, por isso pedimos coisas diferentes para provar o máximo possível. E, no geral, ficámos muito satisfeitos mesmo! Com a quantidade e especialmente com a qualidade dos pratos e os seus sabores! 🙂

the cru

A primeira coisa a chegar à mesa são dois sumos, um de laranja perfeitamente normal e um de beterraba e pêra que é maravilhoso! Para os acompanhar, os dois primeiros “petiscos”: o Carpaccio de Courgette com pasta de atum, que serve para entreter bem, e o Queijo Vegan quente com pão torrado, que vai ser sempre qualquer coisa que não nos vai seduzir. Foi o único prato que comemos e com o qual não ficámos satisfeitos, pelo sabor e pela textura (parece mais puré de batata do que queijo derretido…).

the cru

Mas felizmente estávamos só no início e a seguir chegaram à mesa os Ovos da India, uns ovos mexidos perfeitos, onde as especiarias dão um toque que realmente nos transporta para um imaginário indiano. E se os ovos são excelentes, então com os Croquetes de Beterraba ficámos absolutamente siderados! Textura perfeita, sabor a beterraba sem ser excessivo, acompanhados por um molho divinal! Vegetariano ou não, comia isto a todas as refeições!

the cru

the cru

Curiosamente, para o fim ficaram os pratos mais ajustados ao pequeno-almoço: as Panquecas Gulosas, com banana, mel, goji e canela, excelentes as panquecas e todo o conjunto; e a Papa Tropical, com coco, banana e sementes de abóbora, outro prato excelente, saboroso, rico em texturas. E muito bem apresentado, como aliás tudo o resto!

the cru

the cru

Nesta altura já estávamos bastante bem, porque as quantidades também são consideráveis, mas ainda faltava o mini prato e a sobremesa. Para mini pratos, uma Salada de Frango, que cumpriu sem ser surpreendente (e o único prato onde sentimos alguma falta de tempero) e o Strogonoff de Legumes com arroz integral, onde tudo está cozinhado na perfeição e sabe muito bem. De realçar que, mesmo sendo mini pratos, são muito bem servidos.

the cru

the cru

Finalmente, e ainda incluído no Organic Brunch, duas sobremesas fantásticas! Por um lado, a Tarte de Chorar por Mais, que é uma tarte de cacau e laranja sobre uma base de frutos secos; por outro, a Mousse de Chia, deliciosa, com várias camadas diferentes e gulosa, muito gulosa, sem ser demasiado doce. Malta, eu nem sou de “coisas saudáveis”, mas esta sobremesa é uma coisa do outro mundo!

the cru

the cru

Saímos cheios e muito muito satisfeitos. Uma sensação completamente diferente daquela que tivemos há muito tempo atrás. Talvez tenhamos sido nós a mudar, talvez tenha sido o The Cru que mudou, honestamente não sabemos. Só sabemos que este brunch superou em muito as nossas expectativas.

the cru

No fundo, este Organic Brunch do The Cru é uma espécie de “best-off” dos pratos do restaurante, com toda a sua variedade. Permite-nos explorar a carta e, sem dúvida, deixa-nos com muita vontade de voltar! E numa altura em que continuam a crescer as alternativas de restaurantes saudáveis, é bom perceber que um dos grandes impulsionadores desta tendência está completamente preparado para receber todo o tipo de clientes: vegetarianos, vegan, adeptos da comida saudável ou, como nós, simplesmente curiosos. E amantes de boa comida! 😉

Preço Médio: 20€ pessoa (versão brunch)
Informações & Contactos:
Rua Joaquim Pereira, 1543 | 2750-392 Cascais | 927 760 739

[codepeople-post-map]

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.