RESTAURANTE O CRUZAMENTO (Grândola)

RESTAURANTE O CRUZAMENTO (Grândola)

Um “jantarinho” daqueles mesmo bons!

Restaurantes na beira da Estrada Nacional. Camiões daqueles grandes no parque de estacionamento. Bandeiras (bimbas) de vários países à entrada. E estamos em Grândola. Promete, não promete?

Pois que ficámos convencidos assim que chegámos. A ideia era parar para jantar a meio da viagem Algarve-Lisboa. No carro ia também o “gordo” por trás do blog Devaneios de um Foodie, que sugeriu pararmos n’O Cruzamento, porque lá se come muito… e muito bem. Doses enormes, pratos alentejanos e depois algumas coisas diferentes que nos chamaram a atenção!

O cruzamento é um restaurante daqueles que encontramos em muitas localidades ao longo do País, junto às estradas nacionais. Sala de grandes dimensões, porque é paragem obrigatória para camionistas e outros viajantes, além de gente da zona, famílias, grupos, curiosos… enfim, de tudo um pouco. O truque é simples: ir andando pela estrada e parar naquele restaurante que tiver o parque de estacionamento mais cheio. Especialmente de camiões. Ou carros da GNR. 😉

E o que é que se come aqui? Comida alentejana, claro! Mas o que nos levou lá foi exactamente o primeiro prato a chegar à mesa, e que podem ver na foto seguinte. A isto chama-se um Jantarinho. Sim, é esse mesmo o nome do prato. E o Jantarinho é basicamente uma malga grande cheia até cima com tudo e mais alguma coisa! Uma montanha de couves, massa, arroz, batata, enchidos e muito porco. Diríamos que é uma espécie de cozido desconstruído… ou tudo misturado, tirando o nabo e o frango. Uma bomba, um prato de homens do campo. Uma maravilha! E numa dose gigante, que dá à vontade para duas pessoas. Aliás, isto era só meia dose!

O tamanho das doses é transversal aos outros pratos que chegam à mesa. As Pataniscas com Arroz de Feijão trazem-nos duas pataniscas enormes e altas, mas até bastante saborosas, com um belo arroz de feijão (que até podíamos misturar no Jantarinho, porque não?!).

Finalmente, as Migas com Carne de Porco, novamente uma excelente meia dose. Sim, referi que isto são tudo meias doses? Pois são… As migas estão bem feitas, ainda que um bocadinho secas, e a carne está muito boa, bem temperada e frita. É uma meia dose grande mas não fica praticamente nada no prato.

restaurante o cruzamento carne de porco com migas

Para terminar, sobremesas… servidas em doses proporcionais às dos pratos principais. O Pudim de Ovos é bem bom e a fatia é o que podem ver em baixo. E o Pudim de Mel é ainda melhor e vêm duas fatias no prato. Não vá alguém ficar com fome.

restaurante o cruzamento sobremesas

No fundo, O Cruzamento é como muitos outros restaurantes espalhados pelo País, e que temos a infelicidade de não conhecer. Um sítio onde se come bem, em doses muito bem servidas, a preços extremamente baixos. Não é um espaço bonito, não há mais do que a simpatia necessária, mas quando comemos bem e pagamos pouco, isso acaba por ficar para segundo plano.

Por isso, já sabem: se andarem pela Nacional 120 ali para os lados de Grândola, à hora de almoço ou jantar, façam um favor a vocês mesmos e parem neste Cruzamento. Podemos garantir que vão ter um “jantarinho” bem bom! 🙂

Preço Médio: 15€ pessoa (com vinho)
Informações & Contactos:

Estrada Nacional 120-2 | 7570-265 Grândola | 269 476 541

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.